O Futebol Clube Serpa apresentou cinco reforços para a temporada 2020/21, a que se juntam quinze renovações e um regresso, num total de vinte e um jogadores as ordens do treinador Marcos Borges.

Para a baliza regista-se o regresso do veterano Carlos Rato de 35 anos proveniente do SC Cuba, onde na última temporada realizou 13 partidas, somando um total de 1125 minutos. O atleta regressa a Serpa, clube que representou nas temporadas 2005/06 e 2006/07. Terá a concorrência na defesa das redes de Rui Peta e Henrique Soares que contiuam da última temporada.

Na defesa registam-se as continuidades de Duarte Galego, João Veiga, Ivo Souza, José Eduardo e Carlos Daniel.

No meio-campo regista-se o regresso de Rui Lobo, a quem se junta o reforço Luís Soudo de 30 anos, proveniente do SC Cuba onde na presente temporada realizou 17 partidas somando um total de 1380 minutos. No que toca a renovações permanecem Tiago Tamata, João Malagueta, Manuel Maria, João Graça e André Garcias.

No ataque três novidades, Jorge Raposo avançado de 27 anos, que nas últimas temporadas se tem destacado como um dos melhores marcadores do “Distritalão”. Na última temporada dividiu a temporada entre o SCM Aljustrelense e o CF Vasco Gama, participando em 21 partidas, somando um total de 1221 minutos e apontando 5 golos. Igualmente proveniente do CF Vasco Gama, chega Tiago Floreano extremo-esquerdo de 27 anos, que na presente temporada participou em 16 partidas, somando um total de 1120 minutos e apontando 5 golos.
Para fechar o lote de reforços João Valente, dianteiro de 26 anos, que chega do SC Cuba onde realizou 18 partidas, somando um total de 1398 minutos e apontado 4 golos. Adicionalmente registam-se as continuidades de Gabriel Fraga, Rui Óca e José Vilão.