O “DistritalBeja” esteve à conversa com o presidente do CF União Serpense, Alfredo Mestre, para ouvir na primeira pessoa o balanço até ao momento da paragem da temporada do emblema sediado na cidade de Serpa.

Numa entrevista curta e diretiva, o dirigente serpense mostrou-se satisfeito com o projeto e com o trajeto efetuado pela equipa na 2ª Divisão Distrital, onde havia conquistado o 1º lugar na Série A da prova.

Quanto ao futuro, a sua preocupação encontra-se na ultrapassagem deste momento mesmo positivo devido ao COVID19.

Sobre a próxima temporada deixa em aberto a possibilidade de caso o clube venha a ser convidado pela Associação de Futebol de Beja para integrar a 1ª Divisão Distrital participar na competição

DistritalBeja (DB) – Como avalia a temporada do CF União Serpense até ao momento da paragem?

Alfredo Mestre (AM) – Até ao momento da paragem foi muito positivo.

(DB) Neste que foi o primeiro ano de atividade do clube quais foram as principais dificuldades sentidas?

(AM) – As maiores dificuldades foi mesmo os campos de terra, os jogadores não estavam a costumados, mas de resto foi tranquilo.

(DB) Como vê a possibilidade de não se disputar o que resta da temporada?

(AM) – Bem, de não se poder acabar os restantes jogos acho até que é bom para todos, nós porque não se sabe quando este problema do vírus vai passar.

(DB) Faltando uma jornada para o término da 1ª Fase da 2ª Divisão Distrital, o CF União Serpense já havia garantido a conquista do 1º lugar na Série A. Caso os campeonatos sejam dados por terminados, irão solicitar a vossa subida ao principal escalão distrital?

(AM) – Sim. Estávamos com 7 pontos na frente e tínhamos ainda um jogo para jogar, caso não haja mais campeonato e se formos chamados a participar a primeira distrital será uma honra muito grande para todos nós.

(DB) Deixe uma mensagem a todos os adeptos do CF União Serpense e do distrito.

(AM) – Deixo aqui um grande abraço e um muito obrigado a todos os jogadores e equipa técnica por todos os consigamos fazer ao longo destes meses. Quero deixar aqui também um grande abraço a todos os clubes do distrito e que estejam todos bem de saúde e que possam vir mais fortes e unidos e que possamos fazer um campeonato melhor e mais tranquilo, aos meus jogadores deixo um grande abraço e que tenham muito sucesso. Terei todo gosto em poder defrontar o meu grande amigo Zé Luís e um rapazinho careca que é o nosso amigo Carrega.